Empreendedorismo

Capital para abrir empresa: o que fazer para conseguir?

7 maio 2019

Por: Vitor Torres

Está planejando fazer parte do mundo do empreendedorismo? Então você precisa pensar em maneiras de conseguir capital para abrir empresa. Afinal, para iniciar seu próprio negócio é necessário dar uma estrutura a ele — o que envolve muito mais que encontrar o local adequado.

Isso significa que você deve ter uma boa noção de todas as despesas relacionadas com a abertura do negócio, desde os gastos com a documentação até a composição do estoque inicial, para calcular corretamente o valor necessário.

É justamente no início dessa jornada que muitos empreendedores começam a sentir dificuldades, como a falta de dinheiro para colocar o negócio para funcionar. Por isso, se você quiser saber mais sobre como conseguir capital inicial para abrir uma empresa, continue a leitura e entenda o que deve ser feito.

O que deve ser considerado no cálculo do capital para abrir empresa?

Ao abrir uma empresa, é fundamental desenvolver um plano de negócios. Trata-se de um documento contendo textos, gráficos e tabelas que ajuda a ter uma boa noção das condições necessárias para que sua ideia dê certo.

Além de especificar quais serão seus produtos e serviços e determinar quem são o seu público-alvo e seus concorrentes, um plano de negócios bem elaborado oferece uma boa previsão dos gastos que ocorrerão não somente na abertura da empresa, mas também nos primeiros meses. Afinal, nesse período inicial de menor lucro, será necessário fazer alguns investimentos para fortalecer o seu empreendimento.

Por isso, é preciso calcular quanto dinheiro será necessário para iniciar as atividades da empresa. Há empreendedores que se concentram apenas em alguns aspectos mais óbvios, como a compra do mobiliário e o aluguel do espaço.

Entretanto, é necessário fazer um planejamento bem cuidadoso, considerando até as despesas que possam ter valores aparentemente irrelevantes, por exemplo pequenos reparos e itens de papelaria.

Na vida financeira pessoal, nós já estamos acostumados a lidar com um ou outro gasto inesperado. Por outro lado, quando se trata de planejar as finanças de um negócio, é preciso prestar atenção aos detalhes, evitando deixar despesas de fora do planejamento.

Já imaginou se começar a surgir uma série de despesas imprevistas? É possível evitar esse tipo de inconveniente calculando corretamente o capital de giro.

Quais as despesas iniciais de um negócio?

Na verdade, as despesas iniciais variam conforme o tipo do negócio. Portanto, você deve avaliar qual é a estrutura necessária para o funcionamento da sua empresa. Nessa questão, podem ser incluídos, por exemplo, os móveis, as máquinas, as ferramentas, a decoração e qualquer outro elemento similar se você quer abrir uma loja física.

Também é preciso fazer um levantamento dos custos relacionados a legalização e manutenção do negócio. Cuidado para não contratar serviços de contabilidade com preços muito elevados! Em uma contabilidade online, você pode abrir empresa grátis, pagando apenas os tributos necessários à sua prefeitura ou órgão responsável.

Além do alvará de funcionamento, pode ser necessário, em alguns casos, obter autorização da vigilância sanitária e do corpo de bombeiros. Também será preciso pagar determinados impostos estaduais e federais — que variam conforme o tipo de empresa e atuação. Por isso, seu contador desempenhará um papel muito importante listando todos os passos e valores que serão necessários para que você se planeje bem.

Se você for trabalhar com comércio, lembre-se de que será necessário reservar dinheiro para fazer seu estoque inicial. Afinal, nesse momento talvez não seja possível conseguir um crédito junto ao fornecedor para comprar a prazo. Assim, pode ser que você tenha de comprar à vista.

E não se esqueça de que todo negócio precisa ter um capital de giro. Isso significa que é fundamental ter, na conta bancária, um valor que seja capaz de arcar com as despesas do cotidiano, como o pagamento de contas e a compra de produtos ou materiais.

Se, ao fazer todos esses cálculos, você concluir que vai precisar de um valor que talvez não seja possível conseguir no momento, pense em formas de iniciar a empresa de maneira mais enxuta. Nesse caso, com o passar do tempo, você poderá providenciar as devidas melhorias para que o seu negócio cresça.

Como conseguir capital para abrir sua empresa?

Alguns documentos certamente serão pedidos pelas instituições financeiras quando você for solicitar crédito. Além de seus documentos pessoais, também será preciso apresentar documentos da empresa, o que inclui o CNPJ e, muitas vezes, o plano de negócios.

Esse último é essencial para ajudar o banco a compreender que você está amparado por um bom planejamento – o que gera confiança na sua capacidade de pagar o financiamento que está solicitando.

Quais são as opções para obter capital?

Há bancos que fazem questão de manter parceria com pequenos negócios e dão um bom apoio para empresas que estão começando e precisam se estruturar. Portanto, para recorrer a um empréstimo, é importante não pular um passo essencial: a pesquisa. Só assim você terá certeza que escolheu a melhor opção.

Agir de forma precipitada pode levar você a pegar dinheiro emprestado logo no primeiro banco, sem consultar outras opções mais interessantes. Por isso, conheça a proposta de várias instituições bancárias.

Chegando até aqui, você deve ter notado que conseguir capital para abrir empresa não é um bicho de sete cabeças. Basta seguir nossas sugestões, se planejar e dar os passos certos.

Ao calcular corretamente quanto será preciso investir, providenciar a documentação necessária e procurar por linhas de crédito mais amigáveis, com certeza seu negócio terá sucesso!

E aí, o que você acha de ajudar seus amigos a entenderem sobre esse assunto também? Então, compartilhe este artigo com eles nas suas redes sociais!

Vitor Torres

Vitor Torres

Vitor Torres é fundador da Contabilizei (o jeito mais fácil e econômico de realizar contabilidade), empreendedor e investidor de startups.