Empreendedorismo

Como abrir uma empresa com pouco dinheiro?

23 ago 2018

Por: Vitor Torres

Abrir o próprio negócio e abandonar a CLT é sonho de muito brasileiros, mas por vezes é visto como uma ambição inalcançável devido aos investimentos necessários para tirar essa ideia do papel.

Se você também pensa desse jeito, nós vamos te mostrar que é possível colocar esse plano em prática sem gastar muito!

Os 5 pontos principais que serão abordados aqui para guiar essa trajetória serão:

  1. Como definir um modelo de negócio?
  2. Como formalizar uma empresa?
  3. Como ter controle financeiro eficiente?
  4. Quais ferramentas usar para administrar um negócio?
  5. Como manter relacionamento com clientes?

1. Como definir um modelo de negócio?

imagem 1

A decisão de abrir uma empresa deve ser planejada e pensada com cautela para que o investimento seja certeiro. A primeira recomendação é focar em qualidades e habilidades pré-existentes. As chances do negócio dar certo serão maiores se o empreendedor já tiver alguma experiência na área de atuação. Iniciar o negócio em um segmento que não se tenha conhecimento irá dificultar esse primeiro passo do processo.

Assim que for feita uma avaliação de quais talentos poderão ser utilizados no negócio o próximo passo é entender o mercado que a empresa deseja atender. Essa atividade é realmente relevante para o público consumidor? Quem são os concorrentes? Quais serviços/produtos eles oferecem? Qual será o diferencial da empresa?

Se ao responder essas perguntas verificar que realmente existe um potencial para a empresa, este é o caminho certo!

Separamos aqui algumas sugestões de empresas que podem ser abertas com pouco investimento:

Criar e-books e cursos online

Iniciar o próprio negócio é grande passo na vida profissional. Que tal utilizar os conhecimentos que você já possui para iniciar sua vida empreendedora? É possível iniciar a empresa com foco em desenvolvimento de cursos para plataformas online e e-books. Se você ainda estiver um pouco inseguro, no começo, poderá levar as atividades da empresa em paralelo ao seu emprego até ganhar mais estabilidade.

Negócios online (afiliados)

Se o foco é investir pouco dinheiro, com certeza os negócios online são uma ótima opção. Com pouco ou nenhum investimento é possível começar a fazer parte de um programa de afiliados divulgando produtos de grandes ou pequenos e-commerces e sendo comissionado pelas vendas.

Desenvolvimento de software

Tem conhecimento em programação? O mercado de aplicativos pode ser ideal para você. A empresa pode oferecer serviços de desenvolvimento, venda de licenciamento de software e consultoria de tecnologia. Você pode criar e vender seus próprios aplicativos ou disponibilizar para que outras companhias utilizem seu software em lojas digitais.

Franquias

Se o objetivo é dar um tiro certeiro, mas ainda não tem uma ideia de negócio, a franquia pode ser uma ótima opção! As franqueadoras irão fornecer todas as informações necessárias para a implementação do negócio, desde fornecedores, mobiliário (quando necessário), plano de negócios e suporte no modelo de comunicação e relacionamento. Hoje em dia é possível encontrar modelos de microfranquias que podem ser abertas com investimento inicial de R$5.000,00.

Marketplace ou e-commerce

Os modelos de comércio eletrônico também são uma ótima opção, tendo em vista que não é necessário possuir um espaço físico para atender os clientes. Você pode, por exemplo, criar seu e-commerce vendendo brinquedos, video-games através do modelo de envio de dropshipping, onde não é preciso possuir estoque próprio, e quem sabe até vender espaço no seu site para que outras empresas anunciem seus produtos, e será comissionado pelas vendas.

2. Como formalizar uma empresa?

Imagem 2

A formalização da empresa também será um passo importante e muitas decisões precisarão ser tomadas. Você irá se deparar com várias nomenclaturas como Porte, Natureza jurídica, Capital Social e principalmente os Impostos.

Vamos te explicar bem resumidamente, para que consiga entender as informações a seguir:

Natureza jurídica: Basicamente ela irá definir o quadro societário da empresa e capital social necessário. No caso de não possuir sócios você poderá ser EI ou Eireli. Já se for ter mais de um sócio será LTDA

Capital social: O capital social é investimento inicial feito na empresa. É um valor suficiente para iniciar a operação antes de você começar a faturar.

Regime tributário: É o fator que irá definir a tributação da sua empresa, combinado com seu ramo de atuação. Os dois principais regimes são o Simples Nacional e o Lucro presumido.

O porte ME e EPP, possuem a possibilidade do enquadramento no regime tributário do Simples Nacional e Lucro Presumido, poderão lhe dar uma gama de possibilidades para abertura da empresa e ramos de atuação, possuímos uma lista com todas as atividades permitidas para o SN, aqui.

Na tabela, também será possível conferir os Impostos referentes ao ramo de atuação da empresa, seja uma Prestação de Serviços ou atividades de Comércio. Basicamente, o Simples Nacional, possui uma Guia única para o pagamento dos impostos chamada “guia DAS”.

O valor do capital necessário para abrir uma empresa nos portes ME ou EPP, irá depender de qual Natureza jurídica, que se referem ao quadro societário da sua empresa, você optar pela sua empresa, mas uma empresa sendo único sócio (EI) ou possuindo sócios (Ltda) o valor do capital para investir será em torno de R$ 1.000,00. Para constituir uma individual Eireli o Capital social necessário será de R$95.400,00.

Além dos portes ME e EPP, também existe o MEI (Micro empreendedor individual). Este porte já possui algumas limitações quanto aos ramos que abrange e, além disso, o faturamento anual deverá estar em torno de R$ 81 mil. Esses fatores acabam restringindo um pouco as possibilidades de constituição de empresas MEI.

3. Como ter controle financeiro eficiente?

imagem 3

Uma boa gestão financeira é essencial, não só na etapa de abertura da sua empresa, mas durante toda a sua existência. Muita disciplina e organização são necessárias.

Para te ajudar com essa parte o Sebrae disponibiliza aqui uma planilha de fluxo de caixa.

Além deste material, existem várias plataformas digitais que podem ser utilizadas para melhorar a organização. Citaremos algumas delas no próximo tópico, mas basicamente você poderá contar com o apoio de ferramentas para realizar cobranças e facilitar o recebimento dos pagamentos dos seus clientes, emitir notas fiscais, controle de estoque.

4. Quais ferramentas usar para administrar um negócio?

imagem 4

A definição do ramo de atuação da empresa, também vai nortear quais ferramentas você terá disponível para alavancar em vendas e fazer com que o negócio se torne mais relevante. Temos algumas dicas de plataformas, para otimização de estoque e até mesmo mídias, nas quais você conseguirá realizar suas vendas online.

Se atrapalhar com datas, prazos e entregas pode se tornar um problema no início e progresso da empresa, por isso a indicação é válida para usar e abusar das plataformas da Google, como Planilhas, Gmail e Drive, além de outros disponíveis na nuvem para organização de reuniões, além de datas importantes como pagamento de impostos e organização de fluxo de caixa . Para que você consiga visualizar toda a evolução de um processo, existem outras plataformas gratuitas como Trello e o Canvas disponibilizado pela SEBRAE.

Notou que a empresa precisa ter uma presença maior nas mídias digitais, mas ainda não sabe como investir nesses meios? Fique tranquilo! O próprio Google disponibiliza cursos online para o público através do Google Academy, onde tantas nomenclaturas do “marketês” ficarão mais claras. Você conseguirá ter uma ideia de como movimentar seu negócio no mundo digital de buscas, anúncios e até mesmo vídeos.

Possuir uma conta business para o Facebook, Instagram poderão trazer uma representatividade mais séria para o empreendimento além de contribuir fortemente no relacionamento com o cliente. As plataformas tem recebido atualizações constantes com o intuito de incentivar cada vez mais a adesão de serviços ou produtos através delas. Como exemplo o Instagram, já possui um mecanismo em que o usuário poderá saber sobre a sua sua marca e até mesmo cair direito para a compra do seu produto no “stories”. Você também pode otimizar suas vendas e pagamentos através de sistemas de cobrança, como o IUGO. Usando esta ferramenta você conseguirá gerar boletos com facilidade e o próprio sistema irá monitorar as datas de vencimento enviando avisos para os clientes.

5. Como manter bom relacionamento com clientes?

imagem 5

O relacionamento com o público é essencial para um negócio bem sucedido. Para alcançar esse objetivo também é possível atuar com as ferramentas Instagram e Facebook. Além de poder divulgar os produtos/serviços, o público poderá aproveitar esse canal mais informal para tirar dúvidas sobre a empresa, fazer recomendações ao amigos ou até mesmo críticas, que se forem solucionadas com rapidez, também podem acabar convertendo e fidelizando novos clientes.

A divulgação pode ser realizada sem investimento, apostando em posts orgânicos com conteúdo relevante ou trabalhado com anúncios pagos, para impulsionar mais ainda o seu negócio.

Se as mídias sociais não são o seu forte, você poderá se especializar mais no assunto através de cursos e video aulas de plataformas como Udemy ou Udacity. Se já estiver preparado para uma estrutura um pouco mais encorpada, também é possível trabalhar o contato através de de chats, bots, e até mesmo atendimento telefônico. É possível buscar referências em atendimento ao público em livros e artigos disponíveis na internet, uma boa indicação para esse ramo, o livro “O Jeito Disney de Encantar os Clientes” poderá ser uma boa pedida.

Agora que você já sabe que é possível abrir sua empresa sem gastar muito, vamos te contar mais uma ótima notícia! A abertura de empresas com a Contabilizei é gratuita. Nós podemos te ajudar durante todo o processo de abertura da sua empresa até a emissão do CNPJ e você irá pagar apenas as taxas de protocolo da documentação junto aos órgãos públicos. É a economia inteligente para que você possa investir na sua empresa!

Para conversar com nossa equipe e entender melhor como vamos poder te ajudar, realize o cadastro conosco através desse link aqui.

Vitor Torres

Vitor Torres

Vitor Torres é fundador da Contabilizei (o jeito mais fácil e econômico de realizar contabilidade), empreendedor e investidor de startups.